terça-feira, 25 de setembro de 2012

E agora, José?


Como fazer um post positivo quando se está depressivo? Tá, ok, não vou exagerar: não estou depressiva, mas ando bem chateada. Todo esse embromation do consulado tem me deixado com a pulga atrás da orelha. Estou cada vez com mais medo de que esse processo acabe em um “Au revoir. Le Québec ne te veux plus.” E eu só fico pensando que já se foram quase 3 anos de espera, vou ficar esperando até mais junho de 2013 ( que é a data que eu acho que o visto sai, se sair) e se até lá nada acontecer, sem vistos, sem notícias, sem novidades? Aí acho que ta na hora de vestir a camiseta de otário e se ligar que perdi quatro anos da minha vida e um tantão de dinheiro numa ilusão. Por enquanto continuo me recusando a pensar que esse processo não vai vingar. Mas vamos ser realistas, a coisa não ta andando gente! E não é porque tem muito pedido de visto de turista, não é porque tem uma avalanche de pedidos de dezembro e janeiro, não é porque ta faltando mão de obra no consulado. Acho que o visto não sai porque o Canadá não quer que saia. E ponto. 


Só me faz o favor de dizer a verdade: vai rolar ou não vai? Se for, mesmo que demore, eu espero. Eu sento e espero. Mas o que não dá é pra ficar alimentando uma esperança vã. Deixar de tocar a vida, de agilizar um plano B, de mudar de projeto completamente, na cega esperança de que esse visto um dia sai.
Estou triste. Triste comigo mesma por ter colocado todos os meus ovos no mesmo cesto. Justo eu que sempre fui tão prevenida. Lições que a vida nos ensina. E quando tudo isso acabar, aconteça o que acontecer, uma certeza eu já tenho: sairei mais forte do que entrei. E é nisso que eu preciso focar.

PS: Hoje completo 19 meses de processo total. Daqui duas semanas serão 16 meses de federal. Ainda bem que eu coloquei o Daisypath no bloguinho porque se não acho que já teria perdido as contas!

Bisous!

19 comentários:

  1. Não se desespere, acabei de passar por isso tbm. O visto da maioria está em 20, 21 meses. Eu recebi o pedido de exames em 20 meses e ontem enviei meu passaporte ao consulado.

    A ansiedade maior vai ser fazer os exames médicos e esperar 4 semanas pela espera de resposta do consulado hehe.

    Fé sempre e boa sorte.

    Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernando! Li na CBQ que vc enviou seu passaporte essa semana (acho que só pode ser vc!).
      Valeu pela força. O jeito é esperar né!
      Qto ao seu visto, daqui a pouco tá aí. Essas 4 semanas vão passar voando pra vc, certamente.
      Mto boa sorte aí na reta final!
      Abs

      Excluir
    2. Sou eu mesmo Camila. Estou na torcida pelo seu processo e de todos.

      Abraços

      Excluir
  2. Puxa! 17 meses de federal, já??? Nem tinha reparado... praticamente 8 meses na minha frente!!! Mas de onde vc tirou "junho/13"?! Até março vc está lá!!! Se não... quando é que eu vou??? rsrs
    Courage!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dea!!! Olha eu louca: não falei que precisava no Daisypath pra não me perder e não é que mesmo assim me perdi? Agora que me dei conta que serão 16 meses. :(
      E junho de 13 é uma data x que eu chutei há meses, já pensando que antes disso não conseguiria embarcar. Hoje em dia já to pensando que com sorte o visto sai até junho e aí pode contar mais uns 2 meses pra arrumar tudo e partir de vez. Tomara que eu esteja mto errada (e errando pra mais de novo)!

      Excluir
  3. Ai Cá quando vejo essas suas preocupações me dá um super aperto no peito... não sei o que te dizer pois acompanhamos o quanto você quis, esperou, se preparou e MERECE isso. Pelo menos o do amigo aí levou 21, se você tá no 19 quem sabe antes do Natal tenhamos novidade, se Deus quiser não passa do começo de 2013 mesmo... mas vamos confiar que Deus escreve certo por linhas tortas e tem um plano pra cada um de nós. Em todo caso, não me xinga, mas é sério, existem boas cidades no Brasil precisando de gente qualificada, vc pode recomeçar em outras capitais, existem outros países querendo gente, agente espera que essa abra, mas lembre-se que existem outras portas, uma delas é sua e vai abrir, Deus é pai.
    Se não abrir a gente arromba.
    Bjão da torcida!
    Nil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nil. Valeu pela força! Sei que há algo reservado pra mim me esperando nesse mundo. Ainda não encontrei mas penso que falta pouco!
      Saudades de vc mulher! Bjo

      Excluir
  4. Courage! Estamos fazendo pensamentos positivos!!! OWMMMM!!! :)

    Flávio e Julia

    ResponderExcluir
  5. Faço minhas TODAS as suas palavras. Estou extremamente desanimado com tudo.

    Julio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ando tomando chazinho pra acalmar os nervos...

      Excluir
  6. Oi, Camila...

    Olha, eu estava na mesma vibe que você até um tempo atrás. Sismei que o visto não sai porque o Consulado não quer, simples assim. Fiquei achando sinceramente que em breve eles iriam acabar com esse processo de imigração e devolver o dinheiro da taxa de análise (que é bem pouco se formos fazer as contas do que gastamos com o processo como um todo).

    Mas sabe, depois eu comecei a analisar direito a situação, tentei olhar a coisa de longe, como se não fosse comigo. E vi que, por mais que essa demora não faça sentido, isso de imaginar que o Consulado vai nos dar tchau também não faz. Se eles não nos quisessem mais já teriam nos tirado da fila, não? Pra que enrolar para nos dar o fora? Eles têm toda liberdade para acabar com isso, se não acabaram é porque realmente não querem que acabe...

    Também vi que o processo federal do Brasil nem é tão longo assim: na Colômbia o negócio leva 51 meses e no Marrocos, segundo um documentário que vi, pode levar 5 anos.

    Esses dias, em uma comunidade do Facebook direcionada à imigração, alguém que estava com 20 meses postou que foi lá no Consulado ver de qualé e o combo dele já estava pronto...

    Enfim, esse tipo de referência, (além das matérias que saem nas mídias canadenses dizendo que o país precisa de imigrantes) me fazem acreditar que não, eles não vão nos dar um pé na bunda depois de nos fazer esperar por 20 meses na fila. Esse visto VAI SAIR. Não sabemos quando, mas vai.

    Duas coisas me fizeram desestressar também: a)jogar minha data limite lá pra frente. Eu estava no esquema "o visto chega e eu vazo, já tou com tudo empacotado" e resolvi sair dessa. Só me mudo depois de junho do ano que vem e pronto. Acredite, ajuda muuuito. E b)bolar um plano B. Caso o processo canadense não dê certo, minha vida não estará perdida e não terei desperdiçado esses 3 anos da minha vida, já temos alguns esboços do que dá pra fazer.

    Acho que é isso. Por mais que estejamos tristes porque queríamos estar no Québec e não aqui, ainda dá para manter, senão a positividade, pelo menos a racionalidade!

    Beijinhos,
    Lidia.
    PS: Desculpe pelo comentário-livro. Hehehe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc teria que pedir desculpas se não escrevesse hahaha :)
      Valeu pela força Lidia! Eu no fundo tb acredito que VAI SAIR, mas é que tem horas, qdo paro pra pensar de verdade em tudo isso, que bate um desânimo misturado com desespero, e o único lugar que tenho para desabafar é aqui. Afinal acho que só quem tá no mesmo barco pra entender tanta angústia!
      Enquanto isso vamos seguindo com outras atividades na cabeça e curtindo a vida, o presente, o agora!
      Bjao

      Excluir
  7. Agora é a minha vez de te dar uma forcinha.... Afinal nossos blogs servem para isso, né?!
    Também fico meio "emputecida" com td isso, com essa lenga-lenga, mas concordo com a Lídia... VAI SAIR! O Federal só não dá certo se o aplicante tem algum impeditivo legal ou de saúde... caso contrário, uma hora sai. É justamente aí que mora o problema. A gente tá pelas tampas. Mas é isso, não tem outro jeito! Eu, ariana que sou e quero tudo para ontem me sinto com uma bola de ferro amarrada no pé e até propus pro Thiago estabelecermos um prazo máximo para esperar, tipo metade do ano que vem... sei lá! Ainda não tivemos coragem! To vivendo na inércia e tentando pensar nisso só 50% do tempo e não 150% (hehehe) como fazia antes.
    Já fiz até promessa, olha só... nem o Santo Expedito tá me aturando mais!
    Coragem!! bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liz! Sobre viver na inércia eu entendo bem, hehe.
      Ainda não fiz promessa mas to pensando seriamente em pedir uma forcinha pra Deus (e olha que eu só peço alguma coisa quando acho que é impossível de se alcançar sem a ajuda Dele).
      Ah, e 50% do tempo já tá de bom tamanho. ;)
      Bjos

      Excluir
  8. É exatamente assim que estamos nos sentindo. Também estamos chegando no nosso limte. Está complicado viver nessas alterações bruscas no desequilibrado equilíbrio de momentos esperança/frustração. Também estabelecemos um limite para retomar as rédeas da nossa vida. Não podemos viver nessa espera como se fôssemos refugiados sem estudo esperando o Canadá estender a mão. Somos profissionais qualificados que acreditaram na propaganda que eles mesmos criaram. Precisamos também melhorar nossa auto estima para saber se realmente está valendo a pena esperar ao bel-prazer do consulado. Se temos uma oferta de emprego e a pessoa demora para decidir se vai nos querer ou não, sinto muito, próximo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi. Pois é, retomar as rédeas da minha vida é o que eu mais quero.
      Mas o depoimento do Fernando (aí em baixo) me dá mais força pra continuar nessa luta, ou espera. Um dia a tempestade vai passar e tudo vai parecer que foi menos difícil do que foi realmente.
      Força para todos nós!
      Bjos

      Excluir
  9. Gente, a espera dói muito, muito mesmo. Pensei em desistir tbm por estar com a vida parada.
    A sensação que dá quando enviamos os passaportes é que 1 tonelada saiu das nossas costas e passamos a mandar no rumo da nossa vida de novo.

    Eu recebo meu passaporte de volta com o visto logo logo (exames medicos já estão ok e passaporte no consulado) mas não vou este ano.
    Vou aproveitar mais um natal aqui e tambem o aniversário de meu pai em março e não estou mais estressado por isso. Pretendo ir dia 16 de março.

    Da mesma maneira que dói, a finalização do processo dá uma força tão grande que a empolgação volta com tudo e maior que antes.

    Mesmo com crescimento aqui não deixem de ir pra lá. Quanto mais se espera mais grana se guarda.

    Fiquem com Deus,

    Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernando, muito obrigada por contar um pouquinho sobre o que vc está vivenciando nesse momento. Acho que todos nós que estamos na espera precisamos dessa força, para ajudar a acalmar os ânimos e entender que nem sempre receber o visto significa largar tudo e sair correndo. Podemos muito bem esperá-lo com menos ansiedade e nos preparar para a partida como se já tivesse tudo certo. (e acreditar piamente que o visto vai sair).
      Aproveite esses últimos meses aqui, já mais relaxado com tudo e chegue lá com toda a garra pra conquistar tudo o que foi sonhado nessa longa espera!
      Abs

      Excluir